Rurópolis: Prefeitura Realiza Curso de Produtos de Higiene e Limpeza em Parceria com o SENAR

A prefeitura de Rurópolis por da Secretaria de Trabalhos e Assistência Social e em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) realizou, no periodo de 15 à 26 de outubro, na sede da SEMTRAS, o curso de Processamento Artesanal de Produtos de Higiene e Limpeza.

Durante o curso, os participantes aprenderam a fazer diversos tipos de sabão em barra e líquido, detergente, amaciante de roupas e etc.

A Instrutora do SENAR, Quezia Silva de Oliveira, responsável pela execução do curso no município, explicou que de forma artesanal, os produtos de limpeza apresentam custo-benefício vantajoso.

Outra vantagem dos produtos de limpeza caseiros é que eles ajudam na manutenção do meio ambiente já que reutilizam embalagens de garrafas plásticas e pet, que seriam jogadas no lixo e também reaproveitam o óleo e gordura usada no dia-a-dia

Representando a Câmara Municipal, participou do encerramento o vereador Jonas Lourenço, também se fez presente o Presidente do SINPRUR senhor Hamilton, que enfatizou a importancia da parceria entre os orgãos, o Secretário de Educação Senhor Jurandir, enfatizou que todo tipo de aprendizagem é bem vinda desde que seja de forma benéfica como foi o papel do curso .

Para a Secretária de Trabalhos e Assistência Social a Primeira Dama Marida Padilha, o curso serviu para garantir as famílias mais uma possibilidade de aumentar o orçamento familiar, uma vez que a produção pode ser comercializada e lucrativa..

 “Estamos atentos a todos os cursos em parceria com SENAR que pudermos realizar, porque percebemos a mudança em todos que participam, os participantes ficam cheios de idéias e projetos, é realmente motivante. Os produtos de limpeza são um grande negócio, pois ninguém vive sem eles. São essenciais para a saúde, higiene, bem-estar e qualidade de vida da população, sendo necessários no dia-a-dia de qualquer casa”, afirmou a Secretária.

A Instrutora do SENAR, explicou que o processo de fabricação é simples, e no caso de pequenas produções não é preciso investir em equipamentos e instalações sofisticados.

“Conhecendo as técnicas de fabricação e de manipulação das matérias-primas, pode-se fabricar produtos para comercializar, gerando uma renda extra, ou simplesmente para uso próprio, o que geraria uma economia no orçamento familiar, e tudo isso com baixo investimento”, Quezia Silva de Oliveira.

No total foram 32 profissionais capacitados.

Comente com o Facebook
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *