“Meu filho não vai ser bandido” Sucesso de publico e Crítica

Quem foi ao Ginásio Poliesportivo Dr. Almir Gabriel na noite deste sábado (19), teve uma noite deslumbrante, apresentações musicais e sorteio de brindes, foram atrações antes do espetáculo principal a peça de teatro “Meu filho não vai ser bandido”, o publico compareceu em massa para prestigiar o espetáculo, parecia até final de campeonato com as arquibancadas todas lotadas, assim como as cadeiras que foram disponibilizadas no centro da quadra, deixando organizadores e imprensa local admirados com o acontecimento.

A noite de Apresentações começou com o professor Ednaldo interpretando uma canção que no momento foge da memoria deste redator (desculpe pela falha), logo em seguida foi a vez do professor Gilberto Holanda fez um acústico da musica “Era uma vez” da cantora Kell Smith, o mesmo fez o publico fazer uma capela da musica antes de começar a tocar e cantar a mesma, durante o refrão da musica o publico não resistiu e cantaram junto com Gilberto. Claro não podemos esquecer dos brindes sorteados antes da peça.

O Grande Momento!

Apagam se as luzes e abrem- se as cortinas para inicio do espetáculo, entre um ato e outro todos presentes iam a delírio com a  historia e a atuação dos atores. Quero aqui parabenizar todos presentes por fazerem parte do espetáculo através de aplausos nos momentos certo, parecia até que tinha sido ensaiado pela sincroniza das palmas.

Cena da peça “Meu filho não vai ser bandido”.

A peça intitulada “Meu filho não vai ser bandido” narra a história de luta de uma mãe para tirar o filho do mundo do crime, ensinando uma grande lição de vida para jovens e adultos, que não importa quais seja as barreiras e ou dificuldades que apareçam, uma mãe está disposta a lutar até as ultimas forças para salvar um filho de ter um futuro trágico, levando em consideração a sociedade que vivemos hoje.

Não sou o Raul Gil, mas tiro o chapéu para escritora e diretora da peça, professora Domingas, pelo texto e também pela escolha de elenco que emocionou jovens e adultos ao interpretar cada personagem da história, em nome da atriz Solange Beatriz quero parabenizar todos os atores do espetáculo. Não irei detalhar a peça pois não gosto de spoilers, porém confesso que me emocionei com cada cena ali vista.

Após fecharem as cortinas da peça teatral a noite ainda reservava mais emoção, a jovem Ana Paula cantou a musica Obrigado mãe do compositor Fernando Vinhote interpretada pela cantora Naiara Azevedo, em seguida voltaram ao palco o professor Ednaldo para soltar a voz mais uma vez com uma linda canção, e o professor Gilberto e seu violão cantaram Pais e filhos do Legião Urbana e claro mais brindes e mais brindes.

Depois de uma noite magica nos resta torcer por mais momentos assim, para nossa população.

 

Texto: Lucivando Santos

Se encontrar algum erro ou falta de informação nos informe, para juntos fazermos um jornalismo diferente.

Comente com o Facebook
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *