Mensagem falsa sobre PIS no WhatsApp atinge 200 mil celulares em 24 horas

Cibercriminosos estão usando a liberação do 7º lote do abono do PIS/Pasep para circular quatro links maliciosos. O golpe de phishing falsamente oferece a possibilidade para o usuário consultar se tem o direito de receber a quantia. Segundo o dfndr lab, laboratório da PSafe, foram registradas mais de 200 mil tentativas de golpe nas últimas 24 horas.

O golpe acontece da seguinte maneira: ao clicar em um dos links, o usuário acessa uma página na qual há um texto informando que a Caixa Econômica está liberando “PIS salarial pra quem trabalhou entre 2005 a 2018 no valor de R$ 1.223,20”. Logo abaixo, o usuário é incentivado a responder às seguintes perguntas: “Você trabalhou com carteira assinada entre 2005 a 2018?”; “Você está registrado atualmente?”; “Possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”. Independentemente das respostas, o usuário é direcionado para uma página na qual é incentivado a compartilhar com 30 amigos ou grupos do WhatsApp.

Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, comentou que “esse golpe se aproveita de um tema muito importante para milhões de brasileiros e por isso o número de pessoas atingidas tende a ser cada vez maior. É justamente por esse potencial de volume de acessos que o cibercriminoso direciona todos os que caem no golpe para uma página criada por ele na qual gera ganhos financeiros ilegalmente por meio de publicidade. Contudo, o maior prejuízo é a desinformação de milhões de pessoas que precisam desse benefício e podem ser diretamente prejudicadas”.

Fonte: TecMundo

Fica a dica: nunca confie em links sobre promoções, abonos ou descontos absurdos no WhatsApp. Caso tenha interesse, busque canais oficiais de comunicação da empresa, banco ou órgão.

Comente com o Facebook
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *