Custodiado de Justiça suspeito de crime de homicídio qualificado é transferido para o presidio de Itaituba

A Polícia Civil no início da tarde de ontem, 19/08/18, transferiu da UIPP de Rurópolis para o presídio do Centro de Recuperação Regional de Itaituba, por determinação judicial, o custodiado de Justiça de nome MACIEL VIEIRA MALAQUIAS, vulgo “PARENTE”, auxiliar de serviços gerais, natural de Santa Maria do Uruará/PA, Município de Prainha/Pa, afirmando não saber informar sua idade e nem sua filiação, o qual foi preso em flagrante delito na data de 17/08/2018, por volta de 04h00min, por policiais militares da 17ª CIPM por ter praticado crime de homicídio figurando como vítima de seu ato o Sr., Solimar Alves Roma, agricultor, natural de São Domingos/MA, nascido na data de 20/10/1965.
O crime ocorreu na vicinal dos Baianos, a 35 km do centro da cidade, e de acordo com as investigações a motivação se deu em razão de um desentendimento durante um jogo de bilhar, onde segundo relator do autor do crime a vítima estaria atrapalhando a partida e fazendo provocações, inclusive chegou agredir Maciel com um soco no rosto, deixando logo em seguida o local, posteriormente, Maciel se armou com uma faca e foi até a casa da vítima desferindo vários golpes na mesma, causando aproximadamente 16 lesões na altura do tórax.
O corpo da vítima foi removido para o Centro de Perícias Científicas de Itaituba, onde foi submetido a Exame Cadavérico, o objeto utilizado no crime também foi apreendido e submetido a exame pericial. O acusado foi submetido a identificação criminal em razão da duvida quanto a sua real identidade
Fato este que trouxe impacto aos munícipes nesta de semana na cidade de Rurópolis, e em razão disso e de sua gravidade para garantia da ordem pública e segura aplicação da lei, a prisão flagrante do referido nacional foi convertida em prisão preventiva e determinada a sua transferência para o presídio de Itaituba.
A escolta até o presídio de Itaituba foi realizada sob as devidas cautelas legais pelos policiais civis IPC Thiago Peres e EPC Gustavo Castro.
O delegado contou que a atuação policial está cada vez mais dinâmica, uma vez que há uma forte integração entre os Órgãos de Segurança Pública do Município, Ministério Público local e Poder Judiciário.

 

 

Comente com o Facebook
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *